27/03/2019
Por: marketing

31 músicas que você cantou errado a vida INTEIRA (algumas vai descobrir só agora)

a-princesa-e-o-sapo-0319-1400x900

Na hora da emoção ao cantar aquela música que amamos, às vezes escapam umas palavrinhas erradas que a gente só vai perceber muito tempo depois. Listamos 31 letras que muito provavelmente você entendeu errado a vida inteira. Sabe “Rapunzel”, da Daniela Mercury? Você vai ficar em choque com o verdadeiro refrão.

Músicas que todo mundo canta errado

#1 “Oceano” – Djavan

Uma das músicas mais icônicas de Djavan é também uma das mais confundidas. Enquanto o cantor fez uma belíssima comparação sobre o sentimento de amar -“amar é um deserto e seus temores”- muita gente simplificou a frase e passou anos achando que “AMARELO deserto e seus tremores”.

#2 “Você vai Estar na Minha” – Negra Li

Nesse caso, foi a própria cantora que nos levou ao erro, vai. No início refrão, sempre achamos que Negra Li diz: “Um dia eu vou estar à toa e você vai estar na minha”, como o próprio título da música sugere, certo?

negra-li-0319-1400x900

Errado. O que ela diz, na realidade, é que “você vai estar NA MIRA”. Por que não colocar isso no título da música, então? Marisa Monte fez o mesmo em sua música “Eu sei (na mira)”, que foi de onde negra Li extraiu amostras.

#3 “Haja Amor” – Luiz Caldas

Embora “A” realmente seja de “amor”, não é isso que Luiz Caldas diz na música famosa, como você cantava em “Eu queria ser uma abelha pra pousar na tua flor / A de amor, A de amor”. O certo é “haja amor”. Mais um vez, é a própria música que nos leva ao erro, não temos culpa!

#4 “Noite do Prazer” – Cláudio Zoli

Pobre B.B. King. Na música de Cláudio Zoli, o lendário guitarrista de blues virou biquíni. O verso original diz: “Na madrugada vitrola rolado um blues, tocando B.B. King sem parar”, mas muita gente entendia “trocando de biquíni sem parar”. O que não faz o menor sentido.

#5 “Malandragem” – Cássia Eller

Uma das letras mais icônicas de Cassia Eller também foi cantada errado por muita gente lá nos 90. Na primeira estrofe da música, ela diz: “Quem sabe o príncipe virou um chato”, mas era comum ver pessoas cantando: “Quem sabe o príncipe virou um sapo”. Tudo bem, o significado da frase era praticamente o mesmo, vai.

#6 “Não Aprendi a Dizer Adeus” – Leandro e Leonardo

Muito, muito antes da moda da sofrência sertaneja, Leandro e Leonardo já lançavam uma das músicas mais tristes de todas – que na versão errada ficou trágica em um nível espiritual.

leandro e leonardo 0319 400x900

Em “Não Aprendi a Dizer Adeus”, eles cantaram: “Mas deixo você ir, sem lágrimas no olhar, se o adeus me machucar”. Mas muitas pessoas não entenderam direito o trecho a cantou a vida inteira “Só Deus me machuca”.

#7 “Rapunzel” – Daniela Mercury

Essa aqui pode acabar com tudo o que você sabia sobre o axé brasileiro. Em “Rapunzel”, o que Daniela Mercury diz não é “jogue suas tranças de mel”, como absolutamente pensou durante a vida inteira.

enrolados disney 0319 400x800

O que a cantora fala na música é: “love, suas transas de mel”. Sabemos que é difícil de acreditar, mas tente ouvir novamente a música prestando bastante atenção nesse trecho. É sério.

#8 “Pintura Íntima” – Kid Abelha

paula toller kid abelha 0319 400x800

Mesmo sendo um dos clássicos do karaoquê, “Pintura Íntima” ainda tem uma letra que deixa muita gente confusa. Na versão original, Paula Toller diz “Fazer amor de madrugada, amor com jeito de virada”, mas provavelmente você já ouviu um “amor com jeito de pirada”, por aí.

9 “Homem Primata” – Titãs

Vocês faz parte do grande grupo de pessoas que cantava “homem que mata” em vez de “primata”? Tudo bem, você não está sozinho. Aliás, até que a versão errada também faria sentido no contexto da letra em que os Titãs dizem que “Eu não sabia que o homem criava e também destruía”.

#10 “Arerê” – Ivete Sangalo

Carnaval, verão e fervo demais para perceber que Ivete Sangalo não repetia “um love” três vezes na música “Arerê”.

ivete sangalo the voice brasil chocada 0818 400x800

O que ela diz na música é “um lobby, um hobby, um love com você”. Aí complica mesmo, né.

#11 “Mulher de Fases” – Raimundos

Apesar de muita gente já ter se definido como “complicada e perfeitinha” na década de 1990, a letra de “Mulher de Fases” não é exatamente como você pensava. Muita gente cantava: “Quando à noite ela surgia, meu bem, você cresceu /Meu namoro é na FOLIA”, quando o certo era “meu namoro é na folhinha”.“Folhinha”, então, faz referência à calendário, já que a “Mulher de Fases” da música muda de humor conforma a mudança da lua.

#12 “Melô do Marinheiro” – Paralamas do Sucesso

Se você parar para pensar que “entrei de caiaque no navio” realmente não faz sentido, vai perceber que não era bem isso que os Paralamas do Sucesso diziam em “Melô do Marinheiro”.

titanic 0319 400x800

O verso, na verdade, era: “Entrei de gaiato num navio / Entrei, entrei, entrei, pelo cano”. A título de curiosidade (e para não errar mais), a expressão “entrar de gaiato” significa fazer algo sem planejamento, na brincadeira.

#13 “Estoy Aqui” – Shakira

Nesse caso a questão não é nem cantar errado e sim, nem saber cantar. Apesar de praticamente todo mundo conhecer esse hit dos anos 90, poucas pessoas sabem realmente quais são as palavras que vêm depois de da frase “estoy aqui”.

shakira cantando show 117 400x800
Ethan Miller / Getty Images Entertainment

Para não precisar mais do “embromation”:

“Estoy aquí queriéndote
Ahogándome
Entre fotos y cuadernos
Entre cosas y recuerdos
Que no puedo comprender
Estoy enloqueciéndome
Cambiándome un pie por
Cara mía
Esta noche por el día
Y nada le puedo yo hacer”

#14 “Chão de Giz” – Zé Ramalho

Se até hoje você estava jurando que Zé Ramalho dizia “fotografias recortadas de jornais de folhas, Hollywoood”, saiba que não era nada disso. O que muita gente entendia como “Hollywood” era, na verdade, “amiúde”.

ze ramalho 0319 400x900

Aliás, “amiúde” significa “com frequência” ou “repetidas vezes”.

#15 “Garota Nacional” – Skank

“Aqui nesse mundinho fechado, ela é incrível. Com seu vestidinho preto…” o que? Se você completou com “imperceptível”, errou. O que o Skank diz no verso é “indefectível”, que tem um sentido de “fatal” ou “infalível.

samuel rosa skank 0319 400x800

E além do vestidinho preto, muito provavelmente você cantou o refrão errado a vida inteira. Isso porque o trecho que achamos que era só “berirau dau dau” (ou algo indistinguível do tipo), na verdade tinha uma letra e era: “beat it laun, daun, daun”.

#16 “Admirável Chip Novo” – Pitty

Não, Pitty não mandou ser “ousado” na letra de “Admirável Chip Novo”. Embora muita gente tenha entendido um dos trechos como “use, seja, OUSADIA”, o que ela canta é “use, seja, OUÇA, DIGA”.

#17 “O Bêbado e a Equilibrista” – Elis Regina

Composta em 1979, em meio à ditadura militar brasileira, a letra gravada por Elis Regina é carregada de significados políticos que. Com o passar do tempo, as referências foram ficando mais distantes e pouca gente entender o verso “Meu Brasil que sonha com a volta do irmão do Henfil” – e muitas pessoas acham que é “irmão gentil”.

herbert de souza 0319 400x800
Reprodução/Globoplay

Henfil, no entanto, era um apelido para o jornalista Henrique de Souza Filho, e o irmão dele, referenciado na música, era o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho. Os dois foram exilados após o golpe.

#18 “The Lion Sleeps Tonight” – O Rei Leão

Tudo bem que a música-tema de “O Rei Leão” tem algumas expressões em idioma africano, mas “aui mauê” não é uma delas. No início da música, a frase dita é “a whim away”, que significa algo como um conto ou fantasia distante.

#19 “Sina” – Djavan

Nesse caso, tudo bem cantar errado, Djavan foi buscar inspiração no vocabulário francês para a letra de “Sina”. Na primeira estrofe, nem todo mundo entendeu quando ele disse “Minha princesa, art noveau da natureza”.

djavan 0319 400x900

O que virou uma espécie de “arnuou da natureza” faz referência ao movimento artístico do século 19, caracterizado pela arquitetura decorativa. Quando for elogiar alguém, pode usar “art noveau da natureza” sem medo.

#20 “Minha Alma” – O Rappa

Calma! Na música do Rappa, a arma não está apontada para a cara do “sujeito”, como você pensou. No primeiro verso da famosa música, o que eles dizem é: “A minha alma tá armada e apontada para a cara do sossego”.

#21 “Amor de Chocolate” – Naldo

Em 2012, o hit de “vodka ou água de coco, pra mim tanto faz” estava bombando nas rádios e muita gente se confundiu um pouco com a letra da música. Não, não era “autoestima, autoestima”, que Naldo dizia.

naldo benny 0319 400x800
Globo/Renato Rocha Miranda

No refrão da música, o que ele falava era “alto, em cima, alto, em cima”. Então tá, né.

#22 “Como Nossos Pais” – Elis Regina

Provavelmente você mesmo já se pegou pensando no que Elis Regina quis dizer quando cantou “mas é você que é MAL PASSADO e que não vê”, já que não faz o menor sentido. O problema é que o verso, na verdade, diz: “Mas é você que ama o passado e que não vê”. Agora sim.

#23“Eduardo e Mônica” – Legião Urbana

legiao urbana 016 400x800 0
LEGIÃO URBANA PRODUÇÕES

Você faz parte do grupo que achava que a Mônica era fã de robôs? Muitas gente cantava o verso: “Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus, Van Gogh, dos Mutantes, de Caetano e de robô”, quando na realidade, este último era Rimbaud. Culta que era, Mônica, então, gostava de Arthur Rimbaud, famoso poeta francês do século 19.

#24 “Colo de Menina” – Rastapé

Por incrível que parece, a banda Rastapé não dizia para você “andar a pé até quando Deus quiser. O refrão de “Colo de Menina”, na verdade, tinha uma frase bem mais romântica: “Amar até, amar até, até quando Deus quiser”.

#25 “Pacato Cidadão” – Skank

Em 2019, a música do Skank voltou a ser bem comentada na internet quando o vocalista precisou corrigir um internauta que achava que a música dizia “macaco cidadão, é o macaco da civilização”.

Samuel Rosa, então, esclareceu a dúvida e avisou que a música não falava nada sobre macacos, mas sim “pacato cidadão, o pacato da civilização”.

#26 “Do Leme ao Pontal” – Tim Maia

Uma das músicas mais conhecidas de Tim Maia também tem, frequentemente, a letra trocada. No trecho em que você pensava que era “bolo, guaraná, suco de caju, goiabada para sobremesa”, ele diz “tomo guaraná”.

“Bolo e guaraná” mesmo só na música da Xuxa.

 

#27 Hino Nacional do Brasil

bandeira brasil ilustracao 117 400x800
enigma_images/iStock

A letra do hino brasileiro, com certeza, foi um mistério para muitas crianças que tiveram que proclama-lo na escola. Com tantos trechos e referências enigmáticos, alguns versos foram cantados do jeito errado a vida inteira.

neymar hino nacional 0618 400x800
Alex Livesey/Getty Images

Por exemplo, não há nada de “terra dourada” no trecho que diz “Terra ADORADA/ Entre outras mil és tu, Brasil, ó pátria amada”. Aliás, hoje em dia você sabe a letra inteira do Hino Nacional? Faça o teste!

#28 “Homem Ser” – Mulan

O clássico da Disney nos anos 2000 também enganou muitas crianças com uma das letras mais icônicas. Na parte em que Mulan começa a se preparar para a guerra, o capitão Shang canta a música “Homem Ser”.

mulan 0319 400x800
© 1998 Walt Disney Animation Studios

Pois é: o tempo todo achamos que ele dizia “vou vencer”. Mas cá entre nós: “vou vencer” seria muito mais legal do que “homem ser”, né?

#29 “Balança Pema” – Jorge Ben

Talvez você tenha “balançado a PERNA” errado a vida inteira com a música de Jorge Ben. Quando ele cantava “balança sem parar, arrasta as sandálias, arrasta até gastar”, na verdade estava dizendo “balança pema”.

O cantor nunca esclareceu exatamente o que quis dizer com essa expressão. Em dicionários informais, “pema” designa o órgão sexual. Então quando ele dizia para balançar…

#30 “Lágrimas e Chuva” – Kid Abelha

Provavelmente, você achava que a letra do Kid Abelha era ainda mais dramática e cantou “eu tô plantando meus problemas que eu quero esquecer”. Na verdade, oque diz a música é: “Eu dou plantão dos meus problemas que eu quero esquecer”.

#31 “Amarelinha” – Art Popular

art popular 0319 400x900
Leandro Lehart/Mercado Livre

O pagode da “Amarelinha” tocou em absolutamente todas as festinhas dos anos 90, mas é muito provável que bastante gente tenha errado o verso. Leandro Lehart nunca disse “se liga, vê se mexe mais essa galinha” e sim, “vê se mexe mais não sai da linha”.

Bônus: “Menina Veneno” – Ritche

Nesse caso, você sempre cantou certo, sim, e muita gente insistiu que estava errado. Na música, Ritchie diz “um abajur cor de carne” e não “cor de carmim”, como muitas pessoas achavam.

Quem esclareceu a dúvida foi o próprio britânico. A uma usuária do Twitter, ele respondeu: “não poderia ser carmim, já que o acento da melodia é na 1ª sílaba”.

 

Fonte: https://www.vix.com

 

 

 





Avenida Santo Amaro, 1386 - 3º andar - Vila Nova Conceição Cep: 04506-001 - São Paulo - SP
© 2013 Todos os direitos reservados | Tech House Soluções