12/09/2018
Por: marketing

10 festivais de música ao redor do mundo para ir pelo menos uma vez na vida .

Os festivais de música mudaram bastante desde que surgiram como movimento de contracultura nos anos 60. Os eventos, que se tornaram cada vez mais populares, começaram a se espalhar por todo o mundo e promover shows dos mais diferentes gêneros. Alguns ainda vão mais longe e aproveitam a música para incentivar outros tipos de expressões artísticas, como artes visuais, teatro e dança.

 

Uns são extremamente fiéis a um gênero musical e aos fãs desse gênero. Outros, por outro lado, misturam artistas de todos os espectros musicais para atrair, para um mesmo evento, pessoas dos mais variados perfis. A verdade, porém, é que esses eventos estão cada vez mais internacionais, atraindo pessoas de todos os cantos do mundo, que planejam toda uma viagem só para irem a um festival.

Diante de tantas opções de festivais que temos hoje em dia, o Guia da Semana decidiu listar alguns dos mais populares para te ajudar a escolher o festival que mais tem a ver com você. Confira:

10 festivais de música ao redor do mundo para ir pelo menos uma vez na vida

Rock in Rio

Precisamos começar com o mais brasileiro dos festivais. Nascido no Rio de Janeiro, como o nome sugere, o Rock in Rio fez sucesso e teve várias edições internacionais, inclusive uma que se consolidou em Lisboa, e hoje é o maior festival da América Latina. Tanto aqui quanto em Portugal, o festival acontece a cada dois anos. A primeira edição ocorreu em 1985, mas muita coisa mudou desde então. No passado, o festival costumava trazer grupos de rock, hoje já conta com apresentações dos maiores nomes do pop ou da música eletrônica, por exemplo.

O festival acontece a cada dois anos. No Rio, costuma acontecer em setembro, no Parque Olímpico. A próxima edição rola em 2019.

Tomorrowland

Tomorrowland

O famoso Tomorrowland é um festival de música realizado todos os anos na Bélgica desde 2015. Hoje, a marca se estendeu para outros eventos menores, como o TomorrowWorld, e para o outro lado do Atlântico, com edições em São Paulo e na Georgia, Estados Unidos. A edição da Bélgica recebeu 400 mil pessoas em 2017 e 2018. O festival é ideal para que gosta de EDM e outros gêneros eletrônicos.

O evento costuma acontecer no fim de julho, na pequena cidade de Boom, Antuérpia.

Lollapalooza

Lollapalooza

O Lollapalooza nasceu nos Estados Unidos na década de 90 e fez tanto sucesso que começou a se espalhar. Demorou um tempo para chegar na América Latina, mas quando chegou, teve sua primeira edição em São Paulo, em 2012. Ainda hoje, a capital paulista continua sendo a única cidade brasileira a sediar o festival. Nos Estados Unidos, o evento original rola em Chicago e recebe shows dos maiores nomes do cenário da música pop, indie, rock e grunge, por exemplo, assim como seus irmãos ao redor do mundo.

O festival acontece anualmente. Em Chicago, costuma rolar em agosto. Já em São Paulo, em abril.

Ultra

Ultra

O Ultra Music Festival já se espalhou pelo mundo todo, teve edições em São Paulo e hoje rola no Rio de Janeiro, mas o original, que acontece em Miami, nos Estados Unidos, é ainda único. O evento recebe centenas de milhares de pessoas todos os anos para curtir os maiores nomes da música eletrônica atual.

O evento acontece anualmente em Miami, no fim de março.

Coachella

Coachella

O famoso Coachella é um evento anual de música e arte que acontece todos os anos desde 2001. Hoje, é um dos maiores eventos de música do mundo e costuma trazer artistas de variados gêneros musicais, como pop, indie, hip hop e EDM, espelhados pelos seus vários palcos. O festival se destaca por suas incríveis esculturas espalhadas pelo Vale e é, sem dúvidas, o festival mais popular da América do Norte.

O evento acontece no segundo e terceiro finais de semana de abril todos os anos, na cidade de Indio, Estados Unidos.

Glastonbury

Glastonbury

O Glastonbury, na Inglaterra, é um dos maiores festivais a céu aberto do mundo e, de fato, o evento tem proporções surpreendentes. O evento já é tradicional para os britânicos e acontece desde 1970, quando surgiu influenciado pelos movimentos de contracultura. Em um espaço que já chegou a oferecer 17 palcos simultâneos, existem opções para todos os gostos – de reggae a rock. Para quem procura algo que vá além da música, o Glastobury é a escolha certa, uma vez que também recebe apresentações de dança, teatro, performances artísticas e muito mais.

O festival acontece anualmente no último final de semana de junho, em Somerset, no Reino Unido.

Fuji Rock

Fuji Rock

O Fuji Rock é um dos mais renomados festivais de música da Ásia e o maior evento a céu-aberto do Japão. Sua primeira edição aconteceu em 1997, aos pés do famoso Monte Fuji, de quem leva o nome. Hoje, o evento já não acontece mais próximo à montanha e sim na cidade de Niigata, mas mantém o mesmo estilo de celebração ao rock. Lá, você e outras 200 mil pessoas que vão ao evento todos os anos podem curtir as melhores bandas do gênero, assim como indie, reggae e muito mais.

O evento costuma acontecer sempre no fim de julho.

Roskilde

Roskilde

Roskilde é um dos mais tradicionais festivais da Europa e um dos maiores eventos de música pop do continente. Organizado pela primeira vez em 1971, o festival tem rolado desde então na cidade de Roskilde, na Dinamarca. Ao todo, são quatro dias de shows de gêneros variados com mais de uma opção de camping para quem quiser passar o tempo todo lá.

O Rocksilde costuma acontecer entre o fim de junho e o começo de julho.

 

Fonte: www.guiadasemana.com.br

 





Avenida Santo Amaro, 1386 - 3º andar - Vila Nova Conceição Cep: 04506-001 - São Paulo - SP
© 2013 Todos os direitos reservados | Tech House Soluções